Tyson e Lewis ganham US$ 25 milhões

Não foi apenas as redes de televisão Showtime e HBO que faturaram com os recordes de venda no sistema pay-per-view obtidos pelo combate entre os pesos pesados Mike Tyson e Lennox Lewis, disputado sábado, em Memphis, com vitória de Lewis por nocaute no oitavo assalto. Os pugilistas aumentaram em US$ 8 milhões suas bolsas, após as tevês anunciarem que 1,8 milhão de assinaturas pay-per-view foram negociadas a US$ 54,95 cada. Com isso, cada boxeador - que tinha direito a uma porcentagem na venda do combate - faturou US$ 25 milhões, a segunda maior premiação do boxe em todos os tempos, só superada pela bolsa de Mike Tyson contra Evander Holyfield e contra Frank Bruno, que foi de US$ 30 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.