Tyson está de volta ao banco dos réus

Mike Tyson se envolveu em mais uma encrenca. O pugilista de 38 anos foi preso na terça-feira por ter causado danos a um automóvel em um estacionamento de uma casa noturna, em Scottsdale (EUA), cidade onde mora, na madrugada de 27 de novembro. Ele deixou a prisão, após seus advogados pagarem uma fiança, cujo valor não foi revelado. E deverá se apresentar ao juiz daqui a dez dias.Asaf Alikadic, de 22 anos, disse que parou o seu carro para que Tyson atravessasse a rua, quando o pugilista começou a gritar e depois pulou em cima do carro, dando socos e pontapés. Alikadic revelou também que não quer levar Tyson para a cadeia. "Só quero meu carro consertado", avisou. Uma garçonete da casa noturna contou que o pugilista não estava "bêbado ou drogado".Esta semana Tyson desmentiu uma matéria do New York Post, na qual uma pessoa que dizia ser sua amiga afirmava que o ex-campeão dos pesos pesados estava "abusando da cocaína".O empresário Shelly Finkel anunciou na quarta-feira que Tyson voltará a lutar em março. Sua última luta foi em julho, quando perdeu para Danny Williams, por nocaute, no quarto assalto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.