Tyson planeja "luta preparatória"

Mike Tyson comentou, depois de passar por Brian Nielsen, em Copenhague, que está meio "enferrujado" pelo ano que ficou sem lutar. A vitória foi por nocaute técnico - por decisão do juiz Steve Smoger, já que o dinamarquês não estava enxergando com o olho esquerdo, cortado no supercílio - no primeiro segundo do sétimo assalto. O ex-campeão mundial de 35 anos agora quer enfrentar o vencedor de Hasim Rahman, também norte-americano e campeão pelo Conselho Mundial de Boxe e pela Federação Internacional, que dará revanche ao inglês Lennox Lewis.Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

15 de outubro de 2001 | 09h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.