Tyson tem de explicar mais uma briga

Mike Tyson foi acusado nesta quinta-feira num tribunal de Nova York de agressão de terceiro grau e conduta revoltosa. Dia 21 de junho, ele se envolveu numa briga com dois homens no hotel Marriot, no Brooklin. Eles o teriam insultado por se recusar a dar-lhes autógrafos. Tyson não precisou pagar fiança para não ser preso, mas o juiz o ordenou a se reapresentar à Justiça dia 3 de setembro. O ex-campeão do mundo cumpriu de 1992 a 1995 prisão por ?violentar? Desiree Washington, participante de um concurso de beleza.

Agencia Estado,

24 de julho de 2003 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.