UFC anuncia calendário de 2015 com 45 eventos no total e sete no Brasil

Em Las Vegas, organização do MMA também promete investir em outros locais; Jones e Cormier fazem a primeira luta do ano

O Estado de S. Paulo

18 de novembro de 2014 | 09h08

Após um ano com muitos cancelamentos e trocas de lutadores em cima da hora por lesões, o UFC promete investir pesado para o ano que vem. Em evento nesta segunda-feira na cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos, a organização da modalidade reuniu os principais nomes do MMA e divulgou o calendário de 2015, que terá 45 combates confirmados até agora.

De todos os UFCs, o Brasil irá sediar sete no ano que vem, sendo um pago. Berço da organização, os EUA receberão quase metade daslutas, sendo seis delas em Las Vegas. México, Austrália, Canadá e Japãocontinuam no calendário do UFC, que estuda também a possibilidade derealizar combates em outros países, como Irlanda, Polônia, Holanda, Coreiado Sul, entre outros.

No evento desta terça, que teve a presença de lutadores como Vitor Belfort, Anderson Silva, Jon Jones, além de Ronda Rousey, os organizadores não anunciaram mais nenhuma luta além das que já haviam sido divulgados anteriormente.

O calendário começa a valer no dia 3 de janeiro, quando osnorte-americanos Jon Jones e Daniel Cormier vão se enfrentar peladisputa do cinturão dos pesos meio-pesados, em Las Vegas. O último encontro de 2015 está marcado para 19 de dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
ufcmmalutascalendario

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.