UFC/Divulgação
UFC/Divulgação

UFC no Rio muda de horário

Para atender aos interesses do pay-per-view americano, principais lutas começam à 1h30 (de Brasília)

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

25 de dezembro de 2011 | 03h04

SÃO PAULO - Por imposição do sistema pay-per-view norte-americano, as principais lutas do UFC 142, que será disputado no Rio, serão disputadas a partir da 1h30 da madrugada do dia 15. Desta forma, a programação vai chegar ao fim perto das 4h, quando vai se encerrar o duelo entre o brasileiro José Aldo e o americano Chad Mendes, quando estará em jogo o cinturão mundial dos pesos penas.

O horário avançado, que vai favorecer o fuso horário dos Estados Unidos, tem assustado o público, que ainda não esgotou os pouco mais de 17 mil ingressos para o evento, que será apresentado na Arena HSBC, na zona oeste do Rio. Os bilhetes mais baratos estão esgotados, mas ainda restam muitas entradas de R$ 1 mil e R$ 1,6 mil. A venda começou há duas semanas. No UFC Rio de agosto, os fãs esgotaram os ingressos em 74 minutos.

Na programação das lutas, que terá transmissão ao vivo da Rede Globo e com narração de Galvão Bueno, Vitor Belfort entra no octógono às 2h15 de domingo para enfrentar o norte-americano Anthony Johnson, pela categoria dos médios.

Já José Aldo deve entrar em ação por volta das 3 horas. A direção da Rede Globo também se preocupa com o índice de audiência do evento, após festejar o sucesso da transmissão da vitória do pesos pesado Júnior Cigano sobre Caín Velasquez, quando foram registrados 16 pontos.

Talvez outro motivo para a menor intensidade na procura de ingressos seja o fato de Anderson Silva, campeão mundial dos médios, não ser o protagonista da noite, como fora em agosto, quando venceu o japonês Yushin Okami.

Na oportunidade, também estiveram presentes Rodrigo Minotauro e Maurício Shogun Rua. Todos os brasileiros venceram e o público foi ao delírio.

Anderson Silva goza de grande prestígio na modalidade e é apontado como um dos maiores ídolos do momento, ao lado do norte-americano Jon Jones, dono do cinturão dos meio-pesados.

Jones superou Anderson este ano na disputa do melhor lutador de MMA do momento. Dia 10, o norte-americano derrotou de forma contundente o brasileiro Lyoto Machida, após um estrangulamento impressionante.

MAIS EVENTOS 

Em 2012, o UFC vai ter mais um grande evento no Brasil. Será em 16 de junho, quando será disputada a final do final do reality show "The Ultimate Fighter" (TUF). Os organizadores do UFC negociam com os dirigentes do São Paulo para alugar o Morumbi. Na oportunidade, o duelo principal vai reunir Vitor Belfort e Wanderlei Silva. Os dois se enfrentaram em 1997, no Ginásio da Portuguesa, no Canindé, e Vitor venceu por nocaute de forma sensacional em 45 segundos de combate.

Tudo o que sabemos sobre:
UFCMMA: lutas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.