Ulbra pode ser campeã neste sábado

Uma vitória neste sábado e a Ulbra fica com o título de campeã da Superliga Masculina de Vôlei. Para a Unisul, de Santa Catarina, o desafio é bem maior ? vencer três jogos seguidos, diante de um time que está motivado. O terceiro jogo da série melhor-de-cinco será às 21 horas, com SporTV. A Ulbra ganhou a primeira partida, em Florianópolis, por 3 sets a 1, e venceu o segundo jogo, em Canoas, na quinta-feira à noite, por 3 a 2. Quando teve início a Superliga, em novembro do ano passado, o time da gaúcha Universidade Luterana Brasileira era apontado como a quinta força. ?Considerando o investimento e a renovação total, tanto na comissão técnica como no grupo de jogadores, acho que éramos mesmo a quinta força?, admite o técnico Marcelo Fronkowiak, de 35 anos, em sua primeira temporada no comando de um time adulto. Mas Marcelo não acha que a chegada da Ulbra à final possa ser considerada uma surpresa, pela tradição do time ? que chegou a quatro decisões em seis anos de vida (é bicampeã, em 1998 e 1999, e vice, em 2001) ? e a montagem do elenco, que mescla experiência e juventude, mas principalmente um grupo que tem vontade de vencer. O time tem média de idade de 23 anos, mas conta com a experiência de alguns veteranos, como Marcelo Negrão, campeão olímpico em Barcelona (1992), Ricardinho, campeão mundial na Argentina, no ano passado, e Lilico. ?Ainda temos de ganhar mais um jogo, não está nada decidido?, afirmou o levantador Ricardinho. André Heller, da Unisul, foi o mais incisivo ao dizer que confia no grupo para reverter a desvantagem. ?Quando está sob pressão, o time responde bem?, comentou, recordando-se das semifinais, quando a Unisul eliminou Suzano, de virada. Seleção - O levantador Marcelinho, que disputou a Superliga pelo Wizard/Suzano, foi convocado nesta sexta-feira pelo técnico para integrar a seleção brasileira masculina de vôlei. O jogador se apresenta domingo, no Rio, e na segunda-feira já estará treinando com o grupo para o primeiro desafio da temporada, a Liga Mundial, de 16 de maio a 13 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.