Carlos Díaz / EFE
Carlos Díaz / EFE

Últimos campeões, Thomas e Froome confirmam presença na Volta da França de 2019

Prova de ciclismo poderá ser a última com a participação da Tem Sky

Redação, Estadao Conteudo

01 de janeiro de 2019 | 18h53

Últimos dois campeões da Volta da França, os britânicos Geraint Thomas e Chris Froome asseguraram nesta terça-feira que planejam participar da edição de 2019 da principal prova de ciclismo do mundo, naquela que poderá ser a última com a participação da Tem Sky.

Froome decidiu que não defenderá o título do Giro D'Italia conquistado em 2018 para tentar alcançar o objetivo de vencer pela quinta vez a Volta da França, enquanto Thomas vai buscar o segundo triunfo consecutivo na tradicional prova.

Os dois ciclistas britânicos destacaram que desejam ter êxito com o objetivo de ajudar a Team Sky a obter um novo patrocinador diante do futuro incerto da equipe após a decisão da companhia de telecomunicações de encerrar seus investimentos no esporte após 2019.

Froome, de 33 anos, afirmou que foi difícil tomar a decisão de não defender seu título do Giro após se tornar o primeiro britânico a conquistar a prova italiana em maio do ano passado. "Me dirijo a um ponto na minha carreira em que começo a pensar no tipo de legado que quero deixar", comentou o campeão das edições de 2013, 2015, 2016 e 2017 da Volta da França.

"E se tenho condições de ganhar a Volta da França pela quinta vez e me somar a esse grupo de ciclistas de elite - só quatro pessoas conseguiram - seria incrível", afirmou o britânico, em referência a Eddy Merckx, Bernard Hinault, Jacques Anquetil e Miguel Induráin, os únicos pentacampeões da prova francesa, que em 2019 vai ser disputada de 6 a 28 de julho.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.