'Um dos piores jogos em dez anos'

Bernardinho se assusta com a péssima atuação do Brasil na derrota para a Alemanha (3 a 0) antes da estreia no Mundial

, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2010 | 00h00

HEIDELBERG, ALEMANHA

O último jogo da seleção brasileira masculina de vôlei antes da estreia no Campeonato Mundial, que começa sábado, não poderia ter sido mais preocupante. Além da derrota por 3 sets a 0 (17/25, 21/25 e 19/25) para a Alemanha, em amistoso na cidade de Heidelberg, o time teve desfalques de última hora.

Anteontem, o técnico Bernardinho havia anunciado a formação para o jogo - com Marlon, Vissotto, Lucas, Rodrigão, Murilo e Dante, além do líbero Mário Jr. - ressaltando que os jogadores seriam os titulares na estreia do Mundial, sábado, em Verona, contra a Tunísia. Antes do confronto, porém, Dante sentiu dores nas costas e foi substituído por Giba, recém-recuperado de lesão no mesmo local. O levantador Bruno teve de entrar no lugar de Marlon, com problemas fisiológicos. Por opção, Bernardinho colocou Sidão, que havia jogado pouco os dois outros amistosos (um derrota e uma vitória).

O resultado foi uma derrota arrasadora. O técnico da seleção se assustou com o que viu. "Sem tirar os méritos da Alemanha, esta foi uma das piores partidas que fizemos nestes dez anos", avaliou Bernardinho. "Jogamos muito abaixo do normal. É difícil até mesmo explicar o motivo. Durante a partida, o time foi se abatendo com os erros e não conseguiu encontrar o caminho de volta. Foi uma questão de postura", apontou o treinador.

Até a estreia no Mundial, Bernardinho pretende conversar com os jogadores e tentar recuperar os atletas que não estão bem fisicamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.