Uma escola será constrúida para cada medalha de ouro da China

51 colégios serão distribuídos por 25 províncias; atenção para Beichuan, devastada pelo terremoto de 12 de maio

EFE

27 de agosto de 2008 | 09h40

A empresa chinesa de eletrodomésticos Haier, que se comprometeu a construir uma escola para cada medalha de ouro conquistada pelos atletas locais nos Jogos Olímpicos, confirmou nesta quarta que os 51 colégios serão distribuídos por 25 províncias.Das 51 novas escolas, 12 serão erguidas em Beichuan, o distrito mais devastado pelo terremoto de 12 de maio, que matou quase 90 mil pessoas. Outras sete serão construídas na província de Shandong, onde estão as sedes sociais da Haier.A companhia anunciou que as 32 restantes serão erguidas nas regiões de Gansu, Tibete, Mongólia Interior, Xinjiang, Qinghai, Henan, Ningxia, Guizhou, Hainan e Heilongjiang.Este projeto, anunciado em 2007, será realizado conjuntamente com a ONG chinesa "Project Hope".

Tudo o que sabemos sobre:
Pequim 2008OlimpíadaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.