Uma noite de ?gala? no boxe nacional

A equipe técnica do desafiante Daniel Frank teve de trocar a toalha usada para enxugá-lo no meio do combate. A primeira, branca, ficou inutilizada e virou vermelha, tamanha a quantidade de sangue que jorrava do nariz do lutador. Culpa de George Arias, campeão brasileiro dos peso-pesados, que acertou um golpe em Daniel no segundo assalto da luta de terça-feira à noite, no Ginásio Baby Barioni, em luta que parou e emocionou o combalido boxe nacional. Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.