Uma vitória do Chelsea com a cara de Felipão

Marcação cerrada e pressão no ataque quando atuam em casa. O estilo inconfundível dos times treinados por Luiz Felipe Scolari esteve presente ontem na vitória por 1 a 0 do Chelsea contra a Roma, que garantiu a equipe londrina na liderança isolada do Grupo A da Copa dos Campeões. O gol de cabeça do zagueiro John Terry, a 13 minutos do fim, decidiu uma partida marcada pela disciplina tática e determinação dos dois lados. Apostando em jogadas pelas pontas, as principais tentativas inglesas nasciam nos pés de Lampard e Deco e morriam na apatia do atacante Anelka, que encontrou dificuldades para vencer a boa marcação italiana. Na Suíça, o Barcelona começou arrasador contra o Basel. O primeiro gol veio aos 4 minutos, com Messi. Em menos de vinte minutos, Bojan e Busquets ampliaram para 3 a 0. A frágil defesa do time suíço permitiu outros dois gols na segunda etapa, novamente com Bojan e Xavi. Única equipe na competição com 100% de aproveitamento, o Barça lidera o Grupo C seguido pelo Sporting, que bateu por 1 a 0 o Shaktar na Ucrânia. No Grupo D, Atlético de Madrid e Liverpool empataram por 1 a 1. A Internazionale se isolou na ponta do Grupo B ao fazer 1 a 0 no Anorthosis, do Chipre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.