Uma vitória simples garante o Cruzeiro

Equipe recebe a rebaixada Portuguesa para carimbar o passaporte

Eduardo Kattah, BELO HORIZONTE, O Estadao de S.Paulo

06 de dezembro de 2008 | 00h00

Diante de sua torcida e da já rebaixada Portuguesa, o Cruzeiro não admite a possibilidade de deixar escapar a vaga na Libertadores. Com 64 pontos, o time está em quarto lugar no Campeonato Brasileiro e assegura participação na competição intercontinental com uma vitória, às 17 horas, no Mineirão. O Flamengo, em quinto, também com 64 pontos, é a ameaça. Os cariocas enfrentam o Atlético-PR, no Paraná (mais informações ao lado). Na Toca da Raposa, os jogadores dão os ombros quando o assunto é a possível mala branca de incentivo extra para os atletas da Portuguesa. Se o time celeste acabou consolidando a fama de "gatinho" quando atua fora de casa, os atletas não querem, na última rodada, contrariar a força do Cruzeiro no Mineirão. "Fazendo o nosso papel a gente está na Libertadores", destacou o volante Ramires. "Para nós jogadores é como se fosse um título. Perdemos o jogo passado e o Flamengo empatou em casa", observou. "Acho que essa vaga está rondando a gente de um jeito." Nos jogos em Belo Horizonte pelo Campeonato Brasileiro, o time do técnico Adilson Batista tem um aproveitamento de 82,47%. Dos 19 jogos disputados no Mineirão, incluindo o clássico com o Atlético-MG, que era o mandante da partida, o Cruzeiro venceu 15, empatou dois e sofreu só duas derrotas. Recuperado de lesão, o atacante Guilherme, artilheiro da equipe mineira no Brasileiro, com 18 gols, retorna ao time.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.