Únicos brasileiros no Open de Xiamen de Vôlei de Praia caem no qualifying

O Brasil não terá representantes nas chaves principais do Open de Xiamen (China), etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. As duas únicas duplas brasileiras que se inscreveram, ambas masculinas, caíram já no qualifying da competição, nesta terça-feira. No feminino o País não mandou representantes.

Estadão Conteúdo

12 de abril de 2016 | 16h17

Apesar do quinto lugar em Doha (Catar), na semana passado, Oscar/André Loyola precisou começar a competição no quali. Os brasileiros ganharam dos japoneses Nakaya/Nishimura por 2 sets a 0 (21/15 e 21/14) na primeira fase, mas depois foram derrotados por Bryl/Kujawiak, da Polônia, também em dois sets: 21/18 e 21/16.

A outra dupla brasileira a se inscrever foi Arthur/Daniel, que perdeu para Faiga/Hilman, de Israel, logo na primeira rodada. Campeão mundial sub-19 em 2014, Arthur Lanci, de 20 anos, só havia jogado uma vez no Circuito Mundial - disputou o evento-teste da Olimpíada, ano passado. Daniel Lazzari é estreante.

Após três torneios no Brasil e duas etapas masculinas (no Irã e no Catar), o Circuito Mundial ainda terá mais cinco eventos da série Open, de menor importância, antes do início da sequência de Grand Slams, a partir da última semana de maio.

As principais duplas brasileiras devem voltar a jogar no Open de Fortaleza (Ceará), de 26 de abril a 1.º de maio. Ágatha/Bárbara Seixas, Larissa/Talita, Alison/Bruno Schmidt e Evandro/Pedro Solberg serão os representantes do Brasil no Rio-2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.