Unimed renova e deixa de pagar salário de Felipão

O Palmeiras renovou contrato com a Unimed até dezembro, mas receberá menos (cerca de R$ 800 mil) pelo novo acordo. A empresa de saúde, aliás, deixará de pagar parte do salário do técnico Luiz Felipe Scolari e terá sua marca estampada apenas em placas na Academia de Futebol e no carrinho de maca nos jogos do clube. "Ainda não vi o contrato direito, mas temos dinheiro para pagar o treinador", garante Walter Munhoz, vice-presidente responsável pelas finanças alviverde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.