Unisul abre 2 a 0 na final da Superliga

A Unisul só precisa vencer mais uma partida para conquistar o título inédito da Superliga Masculina de Vôlei. A equipe catarinense derrotou a Ulbra/São Paulo por 3 sets a 0 (25/23, 25/16 e 25/15), nesta quinta-feira, e abriu 2 a 0 na série melhor-de-cinco. O terceiro confronto acontece no sábado, em Porto Alegre, a partir das 20h30 - a SporTV transmite ao vivo.Jogando em Florianópolis, diante da sua torcida, a Unisul não teve grandes dificuldades para derrotar os atuais campeões da Superliga. Com o levantador Marcelinho e o atacante Milinkovic bem entrosados, o bloqueio da Ulbra pouco pôde fazer.O primeiro set começou tenso, com as duas equipes errando pouco e marcando bem o adversário. Com uma brilhante atuação do argentino Milinkovic, escolhido como o melhor jogador da partida, a Unisul fechou em 25/23. Nos sets seguintes, o equilíbrio entre os dois times desapareceu. Entrosados, o levantador Marcelinho e Milinkovic conseguiram sair da marcação da Ulbra e a Unisul abriu vantagem sempre superior a cinco pontos, até chegar à vitória."É uma alegria muito grande dar mais um passo para o título. Vamos para Porto Alegre pensando em fechar a série lá mesmo", afirmou Milinkovic. Marcelinho preferiu ser mais cauteloso. "É muito cedo para falarmos que estamos perto do título. O próximo jogo é lá, e a gente sabe que vencer a Ulbra fora de casa duas vezes é muito difícil. Vamos entrar com cuidado", avisou.O oposto Anderson, que foi contratado pela Ulbra para disputar as finais, exigiu respeito do adversário: "Não acabou nada ainda. A equipe já mostrou que é muito competente e sabe reverter situações complicadas. Temos condições de virar o jogo em casa." Roberto Minuzzi, companheiro de Anderson, concordou: "Viemos um pouco mais preparados para o segundo jogo, mas ainda não conseguimos vencer. Sabemos que temos mais voleibol para apresentar do que esse que apresentamos nos dois primeiros jogos. Já passamos por outras dificuldades, dá para buscar o título ainda."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.