Uruguai tem vitória sofrida e anfitriã Grã-Bretanha só empata na 1ª rodada

Gol da vitória foi marcado por Nicolás Lodeiro, recém-contratado pelo Botafogo.

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2012 | 03h08

Depois das longínquas participações dos Jogos de 1924 e 1928, quando se sagrou bicampeã e ganhou o apelido de "Celeste Olímpica", o Uruguai voltou ao torneio de futebol com uma vitória sofrida, de virada, diante dos Emirados Árabes, por 2 a 1, pelo Grupo A. "O empate, no final do primeiro tempo, nos deu a força para a virada, mas foi difícil", disse o atacante Edinson Cavani.

O gol da vitória foi marcado por Nicolás Lodeiro, recém-contratado pelo Botafogo.

Também pelo grupo A, atuando no estádio Old Trafford, em Manchester, a Grã-Bretanha abriu 1 a 0, com Craig Bellamy, mas não resistiu à pressão senegalesa na etapa final e cedeu o empate aos 37 minutos, gol de Moussa Konate. "Faltou tranquilidade para segurar o placar", disse Ryan Giggs, que, aos 38 anos e oito meses, tornou-se o jogador de futebol mais velho da história a disputar uma Olimpíada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.