Usain Bolt afirma estar surpreso com prisão de Oscar Pistorius

Jamaicano diz que não sabe se vai entrar em contato com Pistorius

AE-AP, Agência Estado

16 de fevereiro de 2013 | 11h25

HOUSTON - Usain Bolt expressou surpresa com a prisão do velocista olímpico Oscar Pistorius pela morte a tiros da sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp. Após participar do Jogo das Celebridades, que abriu a série de eventos do All-Star Weekend da NBA em Houston, o astro jamaicano ainda parecia não acreditar no que tinha acontecido. "Estou apenas tentando processar em minha mente para ver se isto é realmente a verdade", disse.

Bolt afirmou que não conhece muito bem Pistorius, ainda que o tenha visto e conversado com ele em várias competições. Quando perguntado se planeja entrar em contato com o velocista sul-africano paralímpico que foi uma das grandes atrações dos Jogos Olímpicos de Londres, o jamaicano disse que não tinha certeza se faria isso. "Eu tenho que ficar de lado e ver o que acontece e então decidir o que fazer", disse.

Steenkamp morreu após levar vários tiros na madrugada de quarta para quinta-feira na residência de Pistorius, localizada em um condomínio fechado nas proximidades de Pretória, capital da África do Sul. O atleta, o primeiro biamputado a participar dos Jogos Olímpicos, foi acusado na sexta-feira de ter premeditado o assassinato da sua namorada e está detido. Ele nega as acusações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.