Vadão comemora título com seleção feminina e já mira o Mundial

Vadão comemora título com seleção feminina e já mira o Mundial

Conquista do Torneio Internacional de Brasília foi o segundo troféu levantado pelo treinador em seu primeiro ano pela equipe nacional

Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2014 | 12h05

O técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, não escondeu a felicidade pelo título do Torneio Internacional de Brasília, conquistado no último domingo com o empate por 0 a 0 diante dos Estados Unidos, no Estádio Mané Garrincha. Foi a segunda conquista do treinador à frente da seleção feminina, depois de assumi-la em abril, e ele exaltou o comportamento de suas comandadas.

"O futebol feminino é muito diferente em alguns aspectos. As meninas são muito interessadas. Não que os homens não sejam, mas elas sempre prestam atenção em tudo, ficam muito atentas às orientações", declarou o treinador, que foi erguido pelas jogadoras após o apito final diante das norte-americanas.

Logo em seu primeiro ano na equipe, Vadão a conduziu também ao título da Copa América. No Torneio Internacional, quebrou o jejum de sete anos sem vencer a seleção norte-americana na primeira fase, com o triunfo por 3 a 2. Agora, o técnico já planeja voos mais altos, como uma boa campanha no Mundial do ano que vem, no Canadá.

"É o sonho de qualquer treinador e qualquer jogador disputar e conquistar uma Copa do Mundo. Estamos trabalhando firme para chegar na competição e brigar pelo título", apontou. O Brasil estará no Grupo E, com Coreia do Sul, Espanha e Costa Rica. Antes, no entanto, disputará a Copa Algarve, em março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.