Vagner Love estreia bem e Fla derrota o Nova Iguaçu

Com a vitória, o time rubro-negro, em 3º, passa a ter os mesmos pontos de Resende, o 1º, e de Botafogo, o 2º

RIO, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2012 | 03h04

Vagner Love não decepcionou na grande expectativa por sua estreia. Mais: suportou quase os 90 minutos, e, apesar de não marcar, foi fator importante na vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Nova Iguaçu, ontem, em Macaé.

Há 25 jogos invicto no Estadual, o time rubro-negro chegou a 12 pontos e permanece em 3.º no Grupo A, atrás de Botafogo e Resende, que ontem venceu o Madureira por 2 a 1. Na última rodada da Taça Guanabara, será necessária uma vitória sobre o Resende para o Fla alcançar as semifinais. O Nova Iguaçu, que ainda sonhava, está eliminado. O frisson da torcida para cada toque na bola de Love dava a dimensão da expectativa por sua reestreia. E ele se esforçou, procurando espaços e lutando o tempo todo.

Ficaram nítidos em alguns lances, porém, a falta de ritmo e fôlego. Mas ele foi decisivo no lance do primeiro gol. Tabelou lindamente com Ronaldinho Gaúcho, que devolveu a bola açucarada para Deivid marcar. "Procurei me movimentar. Fizemos um gol logo no início e isso deu tranquilidade", comentou Love.

Depois do segundo gol, de Renato, o Flamengo puxou de vez o freio de mão. Talvez já pensando no jogo de quarta-feira contra o Lanús, em Buenos Aires, pela Libertadores.

Pelo Grupo B, Friburguense bateu o Americano por 1 a 0 e o Volta Redonda venceu o Duque de Caxias por 3 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.