Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Valcke diz que abertura da competição foi um 'sucesso'

A avaliação positiva do secretário-geral contrasta com críticas de quem foi assistir ao jogo

AE, Agência Estado

16 de junho de 2013 | 19h40

BRASÍLIA - O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, avaliou neste domingo que abertura da Copa das Confederações, com o jogo entre Brasil e Japão, no dia anterior, no Estádio Nacional de Brasília (Mané Garrincha), foi "realmente um sucesso". "O estádio e a hospitalidade estavam ótimas, os times fizeram um bom jogo e os torcedores gostaram. O acesso ao estádio funcionou bem e a saída dele após o jogo também ocorreu sem problemas", comentou o dirigente, em entrevista ao site da entidade.

A avaliação positiva do secretário-geral, contudo, contrasta com algumas críticas de torcedores que foram ver o Brasil vencer o Japão por 3 a 0. Muitos reclamaram da falta de comida nas lanchonetes do estádio e também das filas para retirada de ingressos antes da partida. Além disso, um confronto entre manifestantes e a polícia causou tumulto fora da arena em Brasília antes do início do jogo.

Alheio aos problemas registrados na abertura da competição, Valcke também aproveitou a entrevista do site da Fifa para agradecer o trabalho dos voluntários que participaram do jogo de sábado em Brasília e que estão atuando na Copa das Confederações. "Agradecemos a todos pelo que fizeram ontem, pelo que fazem hoje e pelo que farão nos próximos dias", afirmou o dirigente.

Com relação ao confronto entre Brasil e Japão, ele disse que foi "um bom jogo, com todo estádio apoiando (a seleção brasileira)". Segundo Valcke, o primeiro tempo, quando os japoneses atacaram mais, foi a parte mais emocionante da partida em Brasília.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa das ConfederaçõesfutebolValcke

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.