Valdivia decide 'mostrar a cara' para calar críticos

Enquanto companheiros treinam, meia se deixa ver no CT; ele está irritado com comentários de que iria se divertir no carnaval

VALÉRIA ZUKERAN, O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2013 | 02h05

Valdivia não falou com a imprensa, mas, mais uma vez, fez questão de marcar presença, ontem, na Academia de Futebol do Palmeiras, para continuar a recuperação da lesão na coxa esquerda. O chileno fez duas rápidas aparições nos corredores que interligam a academia de ginástica aos vestiários. Nos bastidores do clube, o comentário é de que o jogador ficou irritado com as informações divulgadas pela imprensa, após sua mais nova contusão se tornar pública, de que o problema não impediria sua presença durante o carnaval em camarotes vips dos sambódromos do Rio e de São Paulo.

Até o fim da tarde de ontem, a comissão técnica ainda não havia definido se o jogador viajaria com o grupo para Itu, onde o grupo vai se preparar para o confronto contra o Sporting Cristal, quinta-feira, pela Taça Libertadores, ou ficaria em São Paulo. O certo é que haverá expediente, em dois períodos, para o chileno hoje e amanhã.

A iniciativa de mostrar no site oficial do clube imagens de Valdivia em atividade no CT e sua presença nas arquibancadas no empate por 2 a 2 contra o Mogi Mirim, domingo, foi consenso entre jogador e diretoria. O objetivo foi claro: evitar desgaste desnecessário com a torcida. O time tem uma semana importante, que começa com o jogo contra o Sporting Cristal e termina com o clássico com o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, domingo.

Com a repentina saída de Barcos, Valdivia deve voltar a ter o status de jogador mais importante do grupo de Gilson Kleina. O técnico não ignorou o fato e foi visto conversando com o chileno depois do treino ontem.

Novidades. O lateral-direito Weldinho e o zagueiro Vilson chegaram ao clube dispostos a mostrar o serviço que não conseguiram no Corinthians e no Grêmio. O primeiro disse que teve a trajetória prejudicada por uma contusão na coxa e o segundo culpou a reserva por um "problema" no clube gaúcho. Não quis revelar o que ocorreu, mas sabe-se que se desentendeu com o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Vilson se viu em uma situação delicada, pois teve de comentar as declarações do pai do atacante Marcelo Moreno, Mauro Martins, dizendo que não queria o filho no Palmeiras por ser "um time de fracassados". O jogador boliviano pediu desculpas, mas confirmou a intenção de não trocar Porto Alegre por São Paulo, o que colocou o zagueiro na polêmica em torno do ex-companheiro. "Se ele (Mauro Martins) disse isso, foi muito infeliz", declarou Vilson, Segundo o jogador, outros atletas do Grêmio que podem reforçar o Palmeiras não pensam da mesma forma. "Conversei com o Leo Gago e ele está empolgado"

Weldinho falou de sua passagem pelo Corinthians. "Comecei bem lá, mas depois sofri uma contusão e não tive mais chances." O jogador garante estar totalmente recuperado fisicamente e que não será difícil mostrar seu potencial, inclusive no clássico contra o ex-time. "O que eu preciso é de uma sequência de jogos."

Baixa. O Palmeiras divulgou que o atacante Maikon Leite sofreu lesão na coxa esquerda. O atleta ficará inativo por 15 dias e não jogará contra Sporting Cristal e Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.