Valdivia mantém drible polêmico no repertório

Valdivia não quer saber de polêmicas sobre a sua jogada. O chute no ar que costuma dar fez uma vítima anteontem - o zagueiro Anderson, do Santo André, se revoltou e foi expulso ao dar carrinho no chileno - e seguirá no repertório do jogador.

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2011 | 00h00

Amanhã, o palmeirense promete repetir a jogada contra o Mirassol, no jogo único das quartas de final do Campeonato Paulista, no Pacaembu.

"Vão ser só quatro vezes. Ontem (quinta-feira) eu fiz seis. Vou diminuir um pouco para não ter mais polêmica", brincou. "É um lance objetivo, eu sempre fiz isso, não é brincadeira em campo, um deboche ao adversário. Se a torcida gosta, não vou parar de fazer", avisou.

Para o confronto de amanhã, Luiz Felipe Scolari não deve contar com Thiago Heleno e Cicinho - eles se machucaram na vitória de 1 a 0 sobre o Santo André, pela Copa do Brasil. O zagueiro está com edema na coxa esquerda e o lateral-direito, com contratura muscular também na coxa esquerda. "Devido à extensão do edema, o Thiago está sem movimentação, mal consegue dobrar o joelho", disse o médico Vinícius Martins. "A gente ainda tem a esperança que eles joguem, mas é difícil. Não podemos afirmar nada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.