Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Valdivia sente dores em jogo-treino e pode ficar fora da estreia do Paulista

Chileno teve boa movimentação contra o Juventus, mas no último lance caiu no chão e preocupa os médicos

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2011 | 00h00

Luiz Felipe Scolari já havia avisado que Marcos não jogará toda a temporada, mas nesta terça-feira o goleiro começou como titular no jogo-treino realizado contra o Juventus, na Academia de Futebol do Palmeiras. Valdivia também iniciou a partida, vencida por 1 a 0 (gol do zagueiro Danilo), mas é dúvida para a estreia do Campeonato Paulista, sábado, contra o Botafogo, no Pacaembu.

Felipão dividiu o time e utilizou os chamados titulares no primeiro tempo. A novidade, além da presença de Marcos, que atuou em 30 minutos (Deola e Bruno jogaram os outros 60 minutos), foi Valdivia, que terminou 2010 com dores musculares na coxa e atuou durante toda a primeira etapa.

No último lance, entretanto, susto e preocupação: o chileno não conseguiu chegar na bola e caiu no chão, com dores na coxa. Ele logo se levantou e caminhou normalmente, mas o departamento médico vai analisá-lo hoje, para saber sua situação.

O segundo tempo, sem gols, foi jogado pelos reservas, entre eles Lincoln, que não deve ter muita chance no time em 2011. O atacante Tadeu treinou separado dos companheiros.

Nesta quarta-feira, a equipe viaja para Piracicaba, onde faz um amistoso contra o XV, às 19h30 (com transmissão da rádio Eldorado/ESPN). A expectativa é que Marcos comece novamente o jogo. Valdivia deve ficar em São Paulo.

Reforços. O zagueiro Thiago Heleno já treinou ontem com a camisa alviverde. Ele realizou exercícios físicos no gramado e na academia. Quem também chegou foi o atacante Adriano, ex-Bahia e Flu. O ex-corintiano Jô, do Manchester City, interessa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasValdívia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.