Vasco estreia no Carioca com derrota para o Americano

Time de Dorival Júnior não realiza uma boa partida e leva 2 a 0 em pleno Estádio de São Januário

Leonardo Maia, Agencia Estado

24 de janeiro de 2009 | 20h54

O ano de 2009 começou para o Vasco da mesma forma que 2008 terminou: com uma derrota dolorosa em casa, escancarando as dificuldades que o técnico Dorival Júnior terá para reerguer a equipe. O Americano não se importou com a pressão em São Januário, neste sábado, fez seu jogo com tranquiildade e obteve convincente vitória por 2 a 0, pela primeira rodada do Grupo A da Taça Guanabara. Veja também: Estadual do Rio 2009 - Tabela e classificaçãoConfira as novidades do mercado do futebol Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoDono da casa, o Vasco partiu para cima desde o início do jogo, tentando acuar o Americano, mas a falta de entrosamento era evidente e muitos lances foram perdidos devido aos passes errados e a falhas na comunicação dentro de campo.Com isso, aos poucos o time visitante foi arriscando chegar um pouco mais à frente. Depois de 20 minutos de tédio, o time de Campos assustou em chute forte de Kim, que Tiago espalmou. No rebote, Diego acertou uma bomba no poste esquerdo do goleiro vascaíno.A jogada não serviu para acordar os jogadores do Vasco, que seguiram sem se entender em campo. Todas as jogadas passavam pelos pés de Carlos Alberto, mas ele várias vezes se viu isolado em meio à marcação de até três jogadores. O castigo veio aos 35 minutos. Ernâni puxou rápido contra-ataque pela esquerda, ganhou de Fernando e tocou para Éberson chutar firme e abrir o placar.A segunda etapa começou ainda pior para o Vasco, que não armava nenhuma jogada relevante e ainda cometia erros e propiciava boas oportunidades aos visitantes. As melhores chances dos anfitriões foram desperdiçadas por Jéferson e Faioli, que perderam frente a frente com o goleiro Jefferson.O técnico Dorival Júnior tentou mexer na equipe, sacando Rodrigo Pimpão e colocando o jovem Carlos Antônio, destaque durante a Copa São Paulo de Juniores, mas a mexida não surtiu efeito e o time acabou castigado aos 31 minutos: Kieza fez boa jogada e tocou para Éberson. O meia dominou com tranquilidade, driblou o goleiro Tiago e tocou para o gol vazio, ampliando a vantagem para 2 a 0.VASCO 0 X 2 AMERICANOVasco - Tiago; Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Léo Lima (Nílton), Jéferson e Alex Teixeira (Faioli); Carlos Alberto e Rodrigo Pimpão (Carlos Antônio). Técnico: Dorival Júnior.Americano - Jefferson; Carlão, Ânderson e Élson; Gil, Siller (Renan), Ernâni, Éberson (Cafezinho) e Kim; Diego (Paulo Henrique) e Kieza. Técnico: Paulo Marcos.Gols - Éberson, aos 35 minutos do primeiro tempo e aos 31 minutos do segundo tempo.Árbitro - João Batista Arruda.Cartões amarelos - Titi, Carlos Alberto e Paulo Sérgio (Vasco); Siller, Kim, Éberson e Ernâni (Americano).Local - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.