Vasco vê jogo como decisão e admite que empate é ruim

Clubes melhores posicionados já entregaram os pontos no Brasileiro. Não o Vasco. Mesmo sendo extremamente remotas as chances de chegar à Libertadores, o discurso em São Januário é de lutar até o fim. Todos admitem que o duelo com o Corinthians, hoje, é a última chance. Empate ou derrota sepultam o sonho. Além dos desfalques antigos (Ramon, Nilton, Max e Carlos Alberto), o lateral-direito Fagner está machucado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.