Vela: Estaleiro constrói Brasil 1

Começou a ser construído o barco Brasil 1, que competirá a edição de 2005/2006 da Volvo Ocean Race, regata de vela de volta ao mundo. O projeto do neozelandês Bruce Farr está ganhando forma no estaleiro ML Boats, de Indaiatuba, São Paulo. Os moldes em madeira do convés mostram as dimensões da imponente embarcação de 70 pés (pouco mais de 21 metros). O barco deverá estar pronto em maio, quando será levado ao mar. Experiente em competições de oceano, o iatista Torben Grael, dono de seis títulos mundiais e de cinco medalhas olímpicas, será o comandante do Brasil 1.Com moderna tecnologia, que inclui nesta primeira etapa o corte a laser das madeiras usadas no molde, o barco deve ficar pronto em nove meses, segundo o engenheiro Marco Landi, dono do estaleiro, ex-velejador de oceano e responsável pela construção de dois barcos que participaram da Whitebread, o nome que era dado a Volvo Ocean Race.O barco poderá percorrer 926 km diários, atingindo picos de velocidade de 70 km/h. A Volvo Ocean Race é um dos maiores desafios do homem e da tecnologia. Tripulações e embarcações têm de combinar grande velocidade com excepcional resistência, enfrentando icebergs e tempestades. A largada será no dia 5 de novembro de 2005, na Espanha.O projeto custará US$ 15,8 milhões em três anos, um dos empreendimentos mais ousados do País na área esportiva. Cerca de 80% da verba está assegurada com patrocínios da Vivo (master), Motorola, Qualcomm e do Governo Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.