Vela: Scheidt perto de ganhar o Mundial

Em 14 participações em Mundiais, Robert Scheidt nunca teve uma atuação tão perfeita como a desta edição, em Fortaleza (CE). Nesta segunda-feira, o bicampeão olímpico ganhou mais duas regatas, somou a sétima vitória em nove provas e está cada vez mais perto do oitavo título mundial da classe Laser. A supremacia é tanta que nas últimas quatro regatas do Mundial, duas nesta terça e duas na quarta, com direito a um descarte, pode perder até 20 pontos, o equivalente a dois sétimos e um sexto lugares.?É inédito. Já estive entre os 5 primeiros em todas as regatas em outros Mundiais, mas nunca venci tantas.? Scheidt, de 32 anos, tem 11 pontos perdidos e lidera o Mundial com vantagem para os rivais, o esloveno Vasilij Zbogar, 38 pontos perdidos, e o argentino Diego Romero, 41.Scheidt valorizou o resultado desta segunda, primeiro dia da fase decisiva ? dos 136 barcos que começaram o Mundial, 68 seguem na flotilha ouro. ?Foi um dia especial, velejando numa flotilha mais competitiva e compacta.?Apesar da vantagem prefere a cautela. ?Faltam quatro regatas e fica difícil ganhar antes da hora. O importante é que estou velejando bem.? Elogiou as condições de Fortaleza, com ventos fortes, ondas e água quente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.