Vela: Scheidt, pronto, evita cobranças

O velejador Robert Scheidt considera natural que as pessoas não esperem dele nada menos que a medalha de ouro. Mas garante que parte para a disputa do Mundial da Classe Laser, em Fortaleza, sem aceitar pressões pelo oitavo título. "Não quero me cobrar demais", afirma o velejador, de 32 anos, que pela primeira vez tem a chance de ganhar um título mundial em casa, na cidade em que estreou, em 1990, num Campeonato Brasileiro de Laser. Scheidt segue para Fortaleza sexta-feira para treinar na raia do Mundial, que começa dia 22.Na classe Laser Scheidt é bicampeão olímpico e tem uma medalha de prata, 100 títulos, sete deles ganhos em Mundiais. Lidera o ranking mundial, acaba de ganhar o Europeu e competirá o Mundial em casa. Até mesmo os rivais acham que é o favorito. "Mas já aprendi a administrar bem isso. Quero aproveitar o momento, me preparei para ganhar, mas não aceito cobranças."O título será definido em sete dias e 14 regatas, provavelmente com ventos fortes e calor, um torneio desgastante. "É duro, fisicamente e tecnicamente. Cada regata leva cerca de 1h20, serão cinco horas por dia na água, é bem cansativo." A consistência será importante. "Quem chegar em 3º, 4º e 5º na maioria das regatas pode levar o título."Aponta o australiano Tom Slingsbt, de 21 anos, "a sensação do ano", como o principal rival com vento forte. "É muito rápido." E ainda o austríaco Andreas Geritzer (prata) e o esloveno Vasilij Zbogar (bronze), que estavam com ele no pódio de Atenas. O inglês Paul Goodison, o português Gustavo Lima e o croata Mate Arapov também são apontados por Scheidt, entre os melhores da classe.Após o Mundial de Laser e até o fim deste ano o iatista definirá se mudará para a Star ou permanecerá na classe Laser para a campanha olímpica aos Jogos de Pequim, em 2008. Mas para o Pan-Americano do Rio, em 2007, não terá escolha: as classes olímpicas Finn, Tornado e Star não estão no programa dos Jogos. "No Pan, a minha única opção seria a Laser."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.