Velocista é enterrado em Aracaju

O velocista Augusto César de Oliveira Santos foi enterrado, nesta quinta-feira, em Aracaju, Sergipe. O atleta, que tinha 29 anos, morreu na quarta-feira, após sofrer um ataque cardíaco enquanto fazia musculação. Segundo o treinador Jaime Madureira, o atleta do Vasco sofreu um enfarte fulminante enquanto treinava em uma academia de Aracaju. O técnico comentou que Augusto foi socorrido rapidamente, mas chegou sem vida ao hospital.Augusto César, conhecido nas pistas como ?Frango Veloz?, ganhou uma medalha de bronze nos 100 metros, no Campeonato Sul-Americano deste ano, no Rio. Nasceu em Aracaju, em 13 de outubro de 1972, onde treinava, embora competisse pelo clube do Rio.Augusto começou sua carreira no atletismo relativamente tarde. Os registros da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) anotam participações do atleta em competições importantes a partir de 1996. Em 1997 começou a figurar entre os principais velocistas do País. Este ano, chegou a participar de campings de treinamento com o técnico do revezamento 4 x 100 metros da seleção brasileira, Jayme Netto Júnior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.