Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Velódromo da Olimpíada de Londres é concluído e inaugurado

Palco do ciclismo de pista conta com 6 mil lugares e teve um custo de 94 milhões de libras

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 09h19

Os organizadores da Olimpíada de Londres apresentaram nesta terça-feira o velódromo do Jogos de 2012. A arena é o primeiro local de competições do Parque Olímpico a ficar pronto. O palco do ciclismo de pista, com 6 mil lugares, teve um custo de 94 milhões de libras (cerca de 254 milhões de reais) e foi aberto oficialmente 17 meses antes dos Jogos Olímpicos.

Os organizadores disseram que a pista de madeira, de pinho da Sibéria, é a mais rápido do mundo. A instalação foi testada nesta terça-feira por membros da equipe britânica que ganhou sete medalhas de ouro no ciclismo de pista em 2008, nos Jogos de Pequim.

Entre aqueles foram à pista estava Chris Hoy, quatro vezes campeão olímpico, Victoria Pendleton e Jason Kenny, que também faturaram medalhas de ouro em Pequim. Hoy trabalhou com os designers e arquitetos na preparação do local. "É incrível ver o velódromo finalmente concluído, e ser capaz de pedalar sobre ele hoje me dá uma sensação de como vai estar em um ano e meio", disse Hoy. "Eu não posso esperar".

Dado o domínio da Grã-Bretanha em Pequim, o país espera conquistar muitas medalhas no ciclismo em 2012. Assim a expectativa é de que os ingressos para os eventos no velódromo estejam entre os mais procurados.

A construção do velódromo começou em março de 2009. Nesta terça-feira a sede foi transferida da Autoridade Pública Olímpica para o Comitê Organizador da Olimpíada de Londres. O próximo passo é realizar instalações provisórias, como a iluminação e os equipamentos de pontuação.

Uma equipe de 26 carpinteiros levou oito semanas para instalar a pista. Mais de 350 mil pregos foram usados na sua superfície feita de 56 quilômetros de madeira. Sebastian Coe, presidente do comitê organizador, descreveu o velódromo como "um impressionante local construído para os campeões".

Após a Olimpíada, o velódromo será utilizado por atletas de elite e a comunidade local, tendo café, aluguel de bicicletas e aulas de ciclismo. Outros locais em vias de conclusão no Parque Olímpico são o estádio, com capacidade para 80 mil lugares, o centro aquático e as arenas de basquete e handebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.