Vencedora da SS faz exame antidoping

Maria Zeferina, vencedora da 77ª São Silvestre, foi uma das atletas escolhidas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para o controle antidoping. A CBAt mandou uma equipe técnica, comandada pelo médico Eduardo De Rose, especialista em controle antidoping, para a promoção de exames - de urina e sangue - em dez atletas, cinco mulheres e cinco homens, para a detecção do hormônio de crescimento Eritropoietina (EPO). É a primeira vez que uma prova oficial de fundo no Brasil tem esse tipo de controle para uma substância, considerada um doping sofisticado, usada em esportes de resistência (maratona, triatlo, 1.500 metros da natação, etc).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.