Venda de ingressos do Pan nas bilheterias provoca polêmica

Sete finais de competição não terão entradas nas bilheterias, o que descumpre promessa do CO-Rio feita em abril

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 09h13

Além de adiar para esta terça-feira a oferta de ingressos nas bilheterias, o Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos do Rio (CO-Rio) anunciou neste domingo que o torcedor não poderá comprar as finais de sete modalidades, descumprindo assim promessa feita em abril. Na ocasião, a entidade divulgou o plano de venda de convites para a competição.O presidente da Associação Nacional de Assistência ao Consumidor e Trabalhador (Anacont), José Roberto Oliveira, foi bem claro: o torcedor que se sentir prejudicado deve entrar na Justiça contra o Co-Rio. Segundo ele, o comitê violou dois artigos do Código de Defesa do Consumidor (CDC)."Em primeiro lugar, não houve igualdade de condições na compra dos ingressos", disse ele, explicando que quem tem acesso à internet levou vantagem. "Além disso, o torcedor pode entrar no Juizado Especial Cível exigindo o cumprimento da oferta, alegando que sofreu perdas e danos."O presidente da Anacont afirmou ainda que o torcedor pode ser indenizado em até 40 salários mínimos (cerca de R$ 15 mil). Em sua visão, o consumidor foi enganado, pois o CO-Rio assegurou, em abril, que o público poderia adquirir seu ingresso para todas as disputas - incluindo a cerimônia de abertura dos Jogos - no dia 13 - nas bilheterias dos locais de competição a partir de 1.º de julho.Neste domingo, no entanto, o comitê divulgou em nota oficial que não há mais entradas para as finais do vôlei de quadra e praia tanto no masculino quanto no feminino, além de futsal, handebol masculino, hipismo de saltos, ginástica rítmica e tênis masculino."Devido à grande procura de ingressos por determinadas modalidades, por uma questão de segurança e a fim de evitar longas filas nas bilheterias, o Comitê Organizador Rio 2007 deixou que os ingressos de algumas modalidades se esgotassem no site de vendas pela internet", diz o texto.Medida para evitar cambistas"Essa medida servirá também para coibir a ação dos cambistas", declarou o secretário geral do Co-Rio, Carlos Roberto Osório, admitindo dificuldades para solucionar esta questão. Cambistas agiram livremente nas inaugurações do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, e do Maracanãzinho, neste fim de semana.De acordo com o comitê, as pessoas que compraram os 500 mil ingressos pela internet vão recebê-los até a próxima quarta. Ao todo, o CO-Rio pôs à venda 1,7 milhão de convites. Cerca de 900 mil estarão disponíveis nesta terça ao público simultaneamente nas bilheterias e na internet.Por esta última opção, o consumidor deverá imprimir os comprovantes de pagamento (vouchers) e trocá-los nos locais indicados. "Corre o risco do sujeito ficar duas horas na fila e não comprar o que tanto queria", admitiu Osório.

Mais conteúdo sobre:
Pan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.