Vento volta a atrapalhar e Scheidt é terceiro na única regata do dia em Toronto

As provas de vela nos Jogos Olímpicos de Vela voltaram a sofrer com a falta de ventos no Lago Ontário. Por isso, não foram realizadas regatas das classes RS:X masculina e feminina, nas quais a liderança está com brasileiros. Isso porque a prancha à vela depende mais de vento do que outras classes.

Estadão Conteúdo

14 de julho de 2015 | 22h09

Na Laser, Robert Scheidt se recuperou só parcialmente. Foi terceiro colocado na quarta regata da competição e agora tem 17 pontos perdidos, no sexto lugar. O líder Charlie Buckingham, dos Estados Unidos, tem apenas quatro pontos perdidos. Os segundo e terceiro colocados têm oito.

Entre as mulheres, nas Laser Radial, Fernanda Decnop foi sétima colocada na quarta regata e está em terceiro, com 12 pontos perdidos, contra sete da líder, a norte-americana Paige Railey.

Já na 49erFX, o dia foi péssimo para Martine Grael e Kahena Kunze. As campeãs mundiais somaram dois quartos lugares numa flotilha de apenas seis barcos, mas a segunda regata acabou posteriormente praticamente cancelada - todos os barcos foram desclassificados. As brasileiras têm 17 pontos perdidos, no terceiro lugar, contra 10 das líderes argentinas.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosvela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.