UFC
UFC

Veteranos Jacaré e Shogun são os destaques do UFC em São Paulo

Card com 12 lutas começa às 19h deste sábado, no ginásio do Ibirapuera

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

16 de novembro de 2019 | 06h30

Dois veteranos do octógono são os destaques do Brasil no UFC São Paulo, que será realizado neste sábado, no ginásio do Ibirapuera. Ronaldo Jacaré, de 39 anos, fará a luta principal contra o polonês Jan Blachowicz. Um pouco antes, o ex-campeão Mauricio Shogun, de 37 anos, vai enfrentar o escocês Paul Craig. O card com 12 lutas começa às 19h (horário de Brasília) e terá transmissão do Canal Combate.

Para Shogun, que foi campeão dos meio-pesados do UFC em 2010, competir diante da torcida brasileira é um combustível a mais para ele, que retorna ao octógono após quase um ano de ausência por causa de lesão. "Estou muito feliz de lutar no Brasil. Aqui não precisa me adaptar a fuso horário, não tem viagem longa... Os outros que passem por isso", brincou.

Inicialmente, Shogun enfrentaria Sam Alvey, mas o rival se machucou e acabou sendo substituído. Agora, ele encara um adversário que é especialista no jiu-jítsu. "Sei que é um cara duro, mas quero colocar meu muay thai em prática para vencer a luta", confessou o curitibano, que ainda garante ter muita lenha para queimar.

"Sei que se eu parar de lutar hoje, vou me arrepender. Então vou continuar fazendo isso, mas sem traçar um plano ou uma meta. Cada luta eu encaro como a última e vamos ver o que acontecer depois", afirmou Shogun, que espera ter uma boa exibição diante da torcida brasileira no ginásio do Ibirapuera.

Quem também se mostra animado para o UFC São Paulo é Ronaldo Jacaré, que subiu para a categoria dos meio-pesados e vai encarar Blachowicz. A tarefa é complicada, mas o lutador está otimista para o duelo. "Meu médico já havia sugerido que eu subisse para a categoria de cima. Aí foi uma questão de conversar e tomar essa decisão junto da minha equipe e do meu empresário. Eu topei e logo surgiu a luta contra o Blachowicz", disse.

Jacaré explica que ele gosta de lutar em casa e que enfrentar um adversário forte aumenta sua responsabilidade diante da torcida, mas ele é movido por desafios e vai tentar a vitória no octógono. "Ele é um oponente muito forte, tem uma mão da frente muito dura. Sei que é um nocauteador nato, mas eu vou entrar para finalizá-lo", comentou.

Além dos dois experientes atletas de MMA, o UFC São Paulo terá Charles do Bronx em ação. Ele é o recordista de finalizações do Ultimate e espera continuar com vitórias no octógono sem deixar para decisão dos juízes para colocar seu nome em outros recordes. "Se eu ganhar mais duas lutas eu igualo o recorde do Donald Cerrone. Ele tem 16 vitórias antes do fim do tempo de luta e eu tenho 14", explicou.

Charles do Bronx vai enfrentar o norte-americano Jared Gordon. Ele é considerado o favorito e espera confirmar isso no octógono. "Estou 100% e feliz por estar aqui e fazer parte desse evento em São Paulo. Sou o maior finalizador da história do UFC e quero mais. Estou bem, em forma e treinei muito forte para essa luta. Quero lutar com consciência e estou pronto para vencer", avisou.

UFC SÃO PAULO

Card principal (início às 22h)

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz x Ronaldo Jacaré

Peso meio-pesado: Mauricio Shogun x Paul Craig

Peso leve: Charles do Bronx x Jared Gordon

Peso médio: Antônio Arroyo x André Muniz

Peso médio: Markus Perez x Wellington Turman

Card preliminar (início às 19h)

Peso meio-médio: Sergio Moraes x James Krause

Peso pena: Ricardo Ramos x Eduardo Garagorri

Peso leve: Francisco Massaranduba x Bobby Green

Peso meio-médio: Warlley Alves x Randy Brown

Peso pena: Douglas Silva x Renan Barão

Peso mosca: Ariane Lipski x Isabela de Pádua

Peso galo: Vanessa Melo x Tracy Cortez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.