Geoff Burke/USA TODAY Sports
Geoff Burke/USA TODAY Sports

Vice-campeã mundial da luta livre, Aline Ferreira fatura o bronze

Brasileira garante lugar no pódio do Pan ao derrotar Ana Gonzalez

Estadão Conteúdo

17 de julho de 2015 | 22h45

Vice-campeã mundial na luta livre, Aline Ferreira é agora também medalhista pan-americana. Depois de dar azar no sorteio e ter que estrear exatamente contra a norte-americana que a venceu na final do Mundial do ano passado, a brasileira foi para a disputa do bronze da categoria até 75kg e faturou o terceiro lugar em Toronto ao vencer a porto-riquenha Ana Gonzalez por 10 a 1.

Pelo regulamento da modalidade, as atletas derrotadas pelas finalistas têm direito a disputar o bronze. Como a norte-americana Adeline Gray, líder do ranking mundial, depois de vencer Aline passou também pela porto-riquenha, as duas derrotadas se enfrentaram.

A medalha é a terceira do Brasil na luta nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Na quinta-feira, Joice Silva faturou o ouro para o Brasil pela primeira vez na história do Pan, na categoria até 75kg. Aline, por sua vez, havia sido a primeira a levar o País ao pódio em Mundiais, no ano passado.

Em Toronto, a luta brasileira também ganhou um bronze, com Davi Albino, na categoria até 98kg da luta greco-romana. Ele foi o único representante do País na modalidade. Na luta livre masculina, dois brasileiros competem no sábado: Pedro Rocha (até 74kg) e Hugo Cunha (até 125kg). Ambos estreiam nas quartas de final.

O desempenho do Brasil em Toronto já é melhor do que o obtido em Guadalajara, há quatro anos, quando o País ficou com uma prata e um bronze. Em número de medalhas, se iguala à campanha de 2007, em casa, no Rio, quando faturou um prata e dois bronzes. Qualitativamente, é a melhor da história porque pela primeira vez o País chegou ao alto do pódio.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Pan-Americanosluta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.