Vice-campeão do Giro da Itália é suspenso por doping

Danilo Di Luca, que já foi campeão do Giro da Itália, foi suspenso nesta quarta-feira pela União Ciclística Internacional (UCI) depois de ter dado positivo em um exame antidoping para a substância Cera, uma nova versão do hormônio EPO.

AE-AP, Agencia Estado

22 de julho de 2009 | 13h32

A UCI informou que o ciclista italiano foi suspenso provisoriamente até que sua federação nacional possa realizar uma audiência para julgá-lo. Di Luca, segundo a UCI, deu positivo em controles sanguíneos a que foi submetido durante o Giro da Itália, onde ganhou duas etapas e terminou a disputa em segundo lugar.

O ciclista de 33 anos, campeão da prova italiana em 2003, estava na mira da entidade por conta de resultados suspeitos em outros exames de sangue e urina. "Estes resultados correspondem diretamente aos exames que Di Luca foi submetido com a informação de seu perfil sanguíneo no seu passaporte biológico, resultados prévios e seu programa de competições", afirma a UCI.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoDanilo Di Lucadoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.