Vila Nova se reabilita e deixa o Tupi na lanterna da Série B do Brasileiro

O Vila Nova venceu o Tupi por 1 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e conseguiu a sua reabilitação. Tinha perdido fora para o Avaí, mas agora soma 17 pontos e abre distância da zona de descenso. O time mineiro, que também vinha de derrota, para o Sampaio Corrêa, continua com nove pontos, em último lugar.

Estadão Conteúdo

01 de julho de 2016 | 22h28

O Tupi impressionou no início com seu sistema de marcação. A estreia do experiente volante Renan Oliveira, ex-São Paulo e Sport, foi importante para alinhar duas linhas de marcação a partir do meio de campo. O Vila Nova demorou para conseguiu as infiltrações. Só chegou aos 30 minutos pelo lado esquerdo com Vandinho, que chutou em cima do goleiro Rafael Santos.

Aos 35 minutos, porém, o time goiano marcou. Pedro Carmona cobrou escanteio em curva e o grandalhão Reginaldo, zagueiro improvisado de volante, apareceu na primeira trave para desviar de cabeça para as redes. Teve ainda outra chance aos 40, em um chute forte de Vandinho que explodiu no peito do zagueiro Gabriel Santos.

O experiente Robston ficou nos vestiários no intervalo por precaução, afinal voltava de contusão. Em seu lugar entrou Roger no lado dos goianos. O Tupi voltou mais adiantado, com Renan Oliveira na frente da defesa e liberando os laterais para o apoio. Assustou aos 16 minutos com Jonathan, que invadiu a área quando a defesa pedia impedimento, driblou Edson e sem ângulo teve que cruzar. A bola passou pela pequena área, mas não encontrou nenhum pé.

Aos poucos, porém, o Vila Nova equilibrou as ações no meio de campo e deixou de correr perigo lá atrás. Priorizou a marcação para segurar o resultado. Quase foi castigado aos 37 minutos, em outra escapada de Jonathan pelo lado direito. Ele cruzou para trás e Ygor chutou em cima de dois zagueiros goianos.

Aos 45 minutos, outra pontada mineira. Após falta da intermediária, o zagueiro Rodolfo Mol apareceu sozinho para testar, mas para fora. Ele saiu lamentando a falta de sorte. Igual do time. A reação parou aí.

Nesta terça-feira, o Vila Nova volta a campo para enfrentar o Bahia, às 21h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 15.ª rodada. O Tupi só volta a campo na próxima sexta, em casa, em Juiz de Fora (MG), diante do Ceará, a partir das 21h30.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 x 0 TUPI

VILA NOVA - Edson; Maguinho, Anderson, Gustavo Geladeira e Marcelo Cordeiro; Reginaldo, Victor Bolt, Robston (Roger) e Pedro Carmona (Rafinha); Vandinho (Frontini) e Fabinho. Técnico: Guilherme Alves.

TUPI - Rafael Santos; Douglas, Rodolfo Mol, Gabriel Santos e Bruno Costa (Giancarlo); Renan Teixeira, Gabriel Sacilotto (Filipe Alves), Marcos Serrato (Ygor) e Vinícius Kiss; Jonathan e Rubens. Técnico: Estevam Soares.

GOL - Reginaldo, aos 35 minutos do primeiro tempo.

CARTÃO AMARELO - Vinícius Kiss (Tupi).

ÁRBITRO - Luiz Cláudio Sobral (PE).

RENDA - R$ 23.290,00.

PÚBLICO - 2.351 pagantes (3.085 no total).

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.