Visa amplia patrocínio das Olimpíadas até 2020

Maior rede de pagamento de mundo diz que popularidade dos Jogos impulsionaram seus negócios e marca

Ben Klayman, Reuters

27 de outubro de 2009 | 15h40

A Visa ampliou seu acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para ser o serviço exclusivo de pagamento das Olimpíadas por oito anos, até 2020. A empresa afirmou que a popularidade mundial dos Jogos impulsionaram seus negócios e marca. A maior rede de pagamento de mundo afirmou que a renovação do acordo de patrocínio com o COI amplia uma relação iniciada em 1986.

Os termos do acordo, que incluem a Visa como único cartão aceito em locais olímpicos bem como o uso do símbolo de cinco argolas, não foram revelados.

Contudo, os maiores patrocinadores olímpicos, como a Coca-Cola e o McDonald's, geralmente pagam cerca de US$ 100 milhões em dinheiro e serviços como patrocinadores pelo período que inclui Jogos de verão e inverno, afirmam analistas.

O COI afirmou que quer levantar cerca de US$ 1 bilhão em patrocínio para os Jogos de 2010 (inverno) e 2012 (verão), ante US$ 866 milhões nas duas competições anteriores. "As Olimpíadas têm aumentado o nosso negócio ao longo do tempo", afirmou Antonio Lucio, chefe de marketing da Visa.

A Visa tem visto sua receita crescer mais lentamente nos últimos anos à medida em que os consumidores endividados usam seus cartões com menos frequência. No mês passado, o presidente-executivo da empresa, Joseph Saunders, afirmou que o gasto do consumidor nos Estados Unidos deve se manter sem destaque pelo resto do ano.

Desde 1986, a Visa e seus parceiros emitiram mais de US$ 21 milhões com o símbolo dos anéis olímpicos. Nove patrocinadores já assinaram para o atual período até 2012. Atos Origin, Panasonic e Samsung Electronics já renovaram até 2016, enquanto a Coca-Cola e Ômega, assim como a Visa, ampliaram para até 2020.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadasVisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.