Vitor Felipe admite falta de confiança em revés no vôlei de praia

Favorita para conquistar o ouro no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, a dupla Álvaro Filho/Vitor Felipe acabou surpreendida pelos mexicanos Rodolfo Ontiveros e Juan Virgen na decisão disputada terça-feira à noite, no Canadá. Após vencer o primeiro set, os brasileiros levaram a virada e ficaram com a prata. Ao fim do jogo, demonstrando serenidade, Vitor Felipe reconheceu que teve uma má jornada e disse que errou mais do que o companheiro.

MARCIO DOLZAN, Estadão Conteúdo

22 de julho de 2015 | 08h21

"Foi um jogo de erros, e eu errei mais no segundo set. Depois, no tie-break, a gente estava bem até cinco, seis pontos, aí eu comecei a errar. Eu estava vendo a bola, mas não estava confiando em mim mesmo", declarou Vitor. 

No tie-break, a dupla brasileira até que começou bem, mas a partir do sexto ponto permitiu que os mexicanos disparassem para vitória. Vitor Felipe, porém, negou que o time tivesse se deixado levar pelo nervosismo. "Isso bateu em todos os jogos."

Ele, porém, demonstrou estar satisfeito com a prata, assim como seu companheiro de quadra. "Agora estamos num roll que conta com poucos jogadores", disse Álvaro Filho, fazendo alusão às duplas brasileiras que subiram ao pódio em edições anteriores dos Jogos Pan-Americanos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.