Vitor Hugo é prata no Mundial de Menores de Atletismo

Carioca de 17 anos conquistou o segundo lugar na prova dos 200 metros, com direito a recorde sul-americano, em campeonato na Ucrânia

AMANDA ROMANELLI, Agência Estado

14 Julho 2013 | 19h53

SÃO PAULO - No último dia de disputas, a equipe brasileira conquistou sua única medalha no Mundial de Menores de Atletismo (Sub-17), realizado em Donetsk, na Ucrânia. Coube ao carioca Vitor Hugo dos Santos, de 17 anos, tirar o Brasil do zero no quadro de medalhas: ele conquistou a prata nos 200 metros, com direito a recorde sul-americano. Desde 2001, quando aconteceu a segunda edição do torneio, o País conquista ao menos um pódio na competição.

Vitor Hugo ficou em segundo lugar com o tempo de 20s67, o melhor de sua vida - o campeão foi o jamaicano Michael O''Hara, quatro centésimos mais rápido. Até então, seu recorde pessoal era 20s91 (também recorde sul-americano), conquistado durante as semifinais do Troféu Brasil, em junho. Com a marca, além do lugar no pódio, o carioca confirma o índice para o Campeonato Pan-Americano Juvenil (categoria acima da sua), em agosto, na Colômbia. Ele lidera o ranking brasileiro juvenil com folga e, entre adultos, agora é o quinto melhor do País.

"Sempre sonhei estar aqui e consegui chegar à minha meta. Não vou parar, vou continuar e continuar", disse o jovem velocista ao fim da prova - ele já havia ficado em sexto lugar nos 100 metros em Donetsk.

       

Vitor Hugo faz parte da equipe Lançar-se para o Futuro/Brasil Foods, comandada pelo técnico Paulo Servo, que treina na Vila Olímpica do Mato Alto, no Rio. Paulo Servo era o treinador de Bárbara Leôncio, campeã mundial dos 200 metros da mesma categoria em 2007. "O Vitor Hugo é um menino excepcional. Ele tem conquistado resultados significativos desde a categoria mirim", contou o treinador, que orienta o garoto desde os nove anos. "Eu estava muito confiante que ele seria medalhista nos 200 metros."

Vitor Hugo, que é morador do bairro de Curicica, na região de Jacarepaguá, vem de uma família ligada ao atletismo. "Eu treinei o tio dele, e agora treino o primo e a irmã", contou Paulo Servo, que descreve o atleta como alto, esguio e de técnica apurada. "É uma família geneticamente privilegiada."

Primo de Vitor Hugo, Luis Gabriel Pereira Silva lidera o ranking brasileiro juvenil dos 100 metros. E a irmã do medalhista, Gabriela, de 14 anos, é recordista brasileira mirim dos 75 metros.

Mais conteúdo sobre:
atletismoMundial de Menores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.