Vitória apertada, mas Tite fica satisfeito

O Corinthians começou o jogo ontem até encantando. Triangulações, chances de gol. Mas a vitória sobre o Oeste por 2 a 1 veio com certo sufoco. O time do interior aproveitou a única oportunidade do primeiro tempo e assustou. O belíssimo gol de Willian salvou a noite e colocou o time na semifinal. Só Tite ficou totalmente satisfeito.

Giuliander Carpes, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2011 | 00h00

O técnico acredita que os corintianos fizeram desta vez um jogo muito melhor do que o confronto com o Oeste na primeira fase. "Nós tivemos mais dificuldades nos 3 a 0 da fase inicial do que hoje (ontem). Dava para ter construído 2 a 0 no primeiro tempo", explicou o técnico. "Um jogo só de 90 minutos é complicado. É preciso manter a consciência da equipe, a organização, sem sentir a pressão."

Para o treinador, a equipe chega pronta às semifinais, não importa se o adversário for o Palmeiras ou o Mirassol. "Tenho de dar parabéns ao time. Em campo, gosto de equipe que constrói a vitória e foi isso que fizemos, mesmo num jogo onde tomamos um gol no primeiro tempo e havia todas as chances de desmoronar o emocional. Tivemos desempenho para vencer."

Tite preferiu aliviar Júlio César de culpa pela falha que resultou no único gol do Oeste na partida. O goleiro cobrou mal um tiro de meta e podia ter defendido o chute de Fábio Santos. "São erros que acontecem no jogo. Não dá para crucificar o jogador", minimizou o treinador. "Importante é que conseguimos nos recuperar. Vamos corrigir isso nos treinamentos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.