Gabriela Luz
Gabriela Luz

Vitória no GP Clássico destaca Marcelo Gozzi na nova geração do hipismo

Quarto Concurso de Salto Nacional reuniu cavalos novos, jovens talentos e amadores no Clube Hípico Santo Amaro

O Estado de S.Paulo

17 Maio 2018 | 13h33

O hipismo brasileiro vem ganhando novos talentos. Aos 18 anos, Marcelo Gozzi foi o campeão do GP Clássico no 4º Concurso de Salto Nacional (CSN) disputado no Clube Hípico de Santo Amaro no último final de semana.

+ Promessas do hipismo brasileiro colecionam títulos na base

+ Leia mais notícias do Esporte

O 4º CSN D'Maio, como é chamado tradicionalmente, contou com 40 provas para cavalos novos, jovens talentos e amadores com 1078 inscrições nas séries 1 a 1.45 metro.

Antes da conquista, Gozzi havia sido vice-campeão na Copa Ouro, também no final de semana, atrás de seu treinador, o cavaleiro olímpico e bicampeão brasileiro senior top José Roberto Reynoso.

"Foi extraordinário. Eu confio muito no meu instrutor Zé Roberto e na estratégia dele. Como só faltava um conjunto que poderia fazer dois zeros, eu fui para fazer um tempo nem muito devagar nem muito rápido para tentar zerar e garantir o GP”, afirmou Marcelo, talento do próprio Clube Hípico Santo Amaro e que já soma os títulos de campeão brasileiro mirim (2014), pré-junior (2016) e vice-campeão sul-americano pré-junior (2016).

O vice-campeonato foi da amazona paulista Bruna de Matos, que também representa a entidade anfitriá. Apresentando Duty Boy St Bomo Z, a amazona fechou com apenas um ponto por excesso de tempo na 1ª volta e garantiu pista limpa na 2ª, em 58s17. "O meu cavalo Duty já tem 17 anos. O vice é, sem dúvida, um dos resultados mais importantes da minha carreira. Meu velhinho é top!", disse a amazona.

Trinta e nove conjuntos top brasileiros largaram no GP/Clássico, a 1.45 metro, com armação da course-designer internacional Lucia Faria Alegria de Simões. Os 12 melhores conjuntos (quatro sem faltas, seis com apenas um ponto por excesso e um com quatro pontos) foram habilitados para segunda e decisiva volta. Até o penúltimo conjunto em pista não havia nenhum conjunto com duplo zero. Marcelo, com Caprice VDL, um sela holandês de 11 anos, zerou em 58s53 garantindo assim sua primeira vitória em um GP/Clássico no circuito nacional.

A disputa encerrou um final de semana agitado no Clube Hípico de Santo Amaro (SP) com 1078 inscrições no Concurso de Salto Nacional CSN D'Maio.

 

Mais conteúdo sobre:
hipismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.