Vitória rendeu convite para carregar bandeira

Não demorou para que Maurren percebesse os efeitos do ouro. A prova nem bem havia terminado quando o Comitê Olímpico Brasileiro anunciou que ela seria a porta-bandeira da delegação na cerimônia de encerramento dos Jogos, amanhã, às 9 horas (de Brasília). Maurren vibrou com a notícia. Na segunda-feira, ela já embarca para o Brasil. Sua cidade, São Carlos, no interior de São Paulo, a espera para desfile em carro aberto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.