Vôlei: Brasil bate Alemanha em treino

Em preparação para as finais da Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei ganhou amistoso contra a Alemanha, nesta terça-feira, em Heidelberg, com 3 a 1, com parciais de 26/24, 23/25, 25/23, 25/21. A estréia do Brasil na fase final, na sexta-feira, em Belgrado, marcada para as 15h de Brasília, não será nada fácil: será diante da Sérvia e Montenegro, que jogará com o apoio da torcida, em Belgrado. Na seqüência, os adversários serão Cuba e Polônia. O time do técnico Bernardo Rezende chega às finais com uma derrota em 12 jogos - para Portugal. A equipe ainda não está totalmente entrosada e a idéia do técnico é melhorar o saque e bloqueio do grupo, que se mostrou irregular na primeira fase. Bernardinho chegou a afirmar que o bloqueio brasileiro parecia um "vaga-lume", que ora funcionava, ora era falho. Entre os fundamentos, o melhor é o de defesa - o líbero Escadinha é o segundo melhor defensor da competição. A surpresa da etapa classificatória foi o mau desempenho da Itália, vice-campeã olímpica, que ganhou seis jogos e perdeu outros seis. A equipe ficou apenas na terceira colocação do grupo B, atrás de cubanos e búlgaros. A própria Sérvia e Montenegro só está nas finais porque sedia essa etapa. Na primeira fase, os anfitriões ficaram atrás da Polônia, que vem com força total no novo ciclo olímpico. O time conta com Piotr Gruszka, o melhor atacante da Liga Mundial, e Mariusz Wlazly, sétimo maior pontuador, com 160 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.