Vôlei feminino estréia quinta na Colômbia

A Seleção Brasileira Feminina de Vôlei embarcou hoje para a Colômbia, onde vai disputar o Campeonato Sul-Americano, que começa quinta-feira, em Bogotá. A equipe comandada por José Roberto Guimarães estréia diante das donas da casa às 20h (de Brasília). A idéia do técnico é fazer o mesmo trabalho que Bernardo Rezende desenvolveu no time masculino: ter um time com todas atletas em condições de serem titulares. "Ainda não estamos em condições ideais. Treinamos três semanas buscando a uniformização do trabalho de todas as atletas. Até o nosso maior objetivo, que é a Copa do Mundo, em novembro, o enfoque que quero dar é o mesmo da Seleção Masculina: manter não só seis ou sete atletas em condições de serem titulares. Todas precisam estar aptas a solucionar problemas", afirmou Zé Roberto. Com as ex-rebeladas Érika, Walewska e Fofão de volta - além de Fernanda Venturini - o treinador afirma: "O clima está muito leve, tranqüilo e motivado. Não posso falar sobre destaques no time, ainda é bem cedo para isso. O que vale dizer é que as melhores estão no time." O maior problema no grupo, segundo Zé Roberto, é melhorar a posição no ranking internacional: "O Brasil ocupa hoje o sexto lugar no ranking da Federação Internacional. A intenção é vencermos o Sul-Americano, ganharamos a vaga para a Copa do Mundo e melhorarmos a posição."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.