Vôlei feminino perde para a Rússia

A seleção brasileira feminina de vôlei sofreu nesta quarta-feira, na terceira rodada, a primeira derrota no Grand Prix, disputado na Itália. As russas marcaram 3 sets a 2, parciais de 25/16, 20/25, 25/17, 21/25 e 15/13, em 1h44 de jogo. Com isso, o time de Marco Aurélio Motta caiu para o segundo lugar do grupo B, com duas vitórias e uma derrota, empatado com Rússia (3ª) e Coréia (4ª), mas com vantagem no saldo de sets. A líder é a invicta China, que passou pela Tailândia, a lanterna, por 3 a 0 (25/11, 25/22 e 25/10). Já a Coréia conquistou sua segunda vitória ao bater o Canadá por 3 a 1 (25/18, 18/25, 25/13 e 25/23).Contra a Rússia, Raquel, recuperada de uma forte gripe, não começou como titular. Entrou no terceiro set e foi a maior pontuadora do Brasil (23 pontos). Artamanova fez 25 para a Rússia. Marco Aurélio escalou Marcelle, Sheilla, Fabiana, Valeskinha, Virna, Paula e a líbero Fabi.Segundo Karin, capitã do Brasil, o time deixou escapar a vitória. Para ela, o rival errou demais. Mas as gigantes russas fizeram 22 pontos de bloqueio, quase um set. As brasileiras marcaram somente 6 pontos nesse fundamento. O Brasil fez 62 pontos de ataque (contra 55), 6 de saque (5) e 22 por erros das adversárias (as brasileiras cederam 24).Pela chave A, os Estados Unidos superaram a Holanda por 3 a 0 (25/23, 25/20 e 25/15), a Alemanha bateu o Japão por 3 a 1 (25/13, 17/25, 26/24 e 25/21) e Cuba ganhou da Itália por 3 a 2 (16/25, 22/25, 27/25, 25/20 e 15/12). Quinta-feira é dia de folga no torneio. A rodada, na sexta, terá Brasil x China, Coréia x Tailândia, Canadá x Rússia, Holanda x Cuba, EUA x Alemanha e Japão x Itália.

Agencia Estado,

23 de julho de 2003 | 15h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.