Divulgação - MTN-Qhubeka
Divulgação - MTN-Qhubeka

Volta da França terá pela 1ª vez presença de equipe da África

Outros convites foram para a equipe alemã Bora-Argon e para os franceses Codifis, Europcar e Bretagne-Seche Environnement

Estadão Conteúdo

14 de janeiro de 2015 | 16h13

A MTN-Qhubeka vai se tornar a primeira equipe africana a competir na Volta da França após os organizadores da principal prova do ciclismo mundial selecionarem, nesta quarta-feira, o time sul-africano para receber um dos convites para a disputa deste ano.

Além das 17 equipes da UCI World Tour já classificadas, os organizadores da Volta da França anunciaram que a prova também contará com o time alemão Bora-Argon 18, bem como os franceses Cofidis, Europcar e Bretagne-Seche Environnement, que receberam convites, assim como a equipe sul-africana.

Fundada em 2007, a MTN-Qhubeka está competindo no circuito continental da União Ciclista Internacional. A equipe conta com estrelas internacionais do ciclismo, como Edvald Boasson Hagen, Matthew Goss e Tyler Farrar, mas 60% dos seus ciclistas são africanos.

A próxima edição da Volta da França está prevista para começar em 4 de julho, na cidade holandesa de Utrecht. A disputa será encerrada no dia 26.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.