Volta da Itália: líder estava dopado

O ciclista italiano Stefano Garzelli, líder da Volta da Itália, deu positivo em um exame de controle antidopagem. O anúncio foi feito neste sábado, em um comunicado oficial da equipe Mapei. Esta é a primeira vez que Garzelli, de 28 anos, dá positivo em um controle de doping. Na segunda-feira, Antonio Varriale, outro ciclista italiano, de 28 anos, que não participa da Volta da Itália, foi preso pela polícia italiana, em sua casa, também por violar a lei de antidopagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.