Volvo: Torben diz que Ericsson 4 teve chances de vencer etapa

Brasileiro afirma que a equipe não aproveitou as oportunidades; mesmo assim, barco segue na liderança geral

EFE,

23 de dezembro de 2008 | 12h03

O brasileiro Torben Grael, capitão do barco sueco Ericsson 4, líder geral da Volvo Ocean Race, afirmou que sua tripulação teve chances de vencer a terceira etapa da prova, encerrada na segunda-feira em Cingapura."Tivemos nossas oportunidades na segunda metade da etapa, mas não as aproveitamos. Faz parte do jogo", comentou o velejador, que comandou o barco à vitória nas duas pernas anteriores.O Ericsson 4 segue na ponta da classificação geral da prova, com 35 pontos. O segundo colocado é o Telefónica Blue, da Espanha, que venceu a terceira etapa e está com 30,5.Torben disse que o percurso de 1.950 milhas náuticas (3.613 quilômetros) foi "infernal". Ele lembrou que o barco passou em primeiro lugar pelo portão de pontuação de Pulau We com boa vantagem, mas acabou perdendo força pelas condições climáticas."O resultado não é o que queríamos, mas não é ruim. Repito que estivemos na luta pela vitória até as últimas milhas náuticas, mas não tivemos a sorte do nosso lado", ressaltou.A próxima etapa da Volvo será a regata local de Cingapura, em 10 de janeiro. Os barcos só partem rumo à quarta etapa, com chegada em Qingdao, na China, oito dias depois.

Tudo o que sabemos sobre:
velaTorben GraelVolvo Ocean Race

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.